Aliança Pelo Brasil e movimento da direita brasileira que acordou depois de 30 anos de domínio de ideias socialista (esquerda).

Depois da Queda do Regime militar no Brasil. Os pensamentos socialista assumiu o brasil. E encontrou um Brasil com um Estado propicio ao seus ideias, os militares deixaram grandes estatais, universidades, grade numero de servidores, que é propicio para praticas de comunistas. Uma minoria com privilégios que dominam a estrutura do governo difícil de fazer mudanças, implantaram a estabilidade do servidores, que reduz o compromisso com a produtividade, plano de carreiras com altos salários, que qualquer um que tente mudar isso se torna impopular no meio Estatal, com isso a conta chegou, 30 anos se passaram, os servidores começaram se aposentar com altos salários, consumindo quase todo orçamento da Federação. Estatais foram um prato cheio pra corrupção. A Esquerda no Brasil.é minoria mais era a unica que fazia barulho, 200 pessoas na Av. paulista SP ou Av Pres. Vargas RJ em dia útil faz um transtorno grande, parecendo ser movimento grande.

Em 2013, Com muitos atos de corrupção trouxe uma crise financeira, afetando os Brasileiros, as rede sociais foram ferramentas de comunicação e informação, importantes pra essa virada, já que a grande mídia não dava voz pra direita. Em 2014 Jair Bolsonaro, Deputado federal mais votado do Rio de Janeiro com mais de 400 mil votos, começou a usar as mídias sociais pra interagir com os Brasileiros, e foi ganhando força pregando o conservadorismo que são maioria dos brasileiros.

Em 2018, teve que conseguir um partido, que desse uma oportunidade de disputar a presidência, mas no poderia se um dos envolvido nos atos de corrupção, O PSL ofereceu essa oportunidade, alem de eleger o Presidente, elegeu Senadores e Deputados Federais.

Em 2019, Deputados do PSL que se elegeram na esteira do Bolsonaro, começaram a divergir da pauta do Governo Federal, porque o PSL, não tinha o comando conservador foi só um partido que oportunizou a disputa de Bolsonaro.

Em Novembro de 2019, aliados de Bolsonaro convenceram de formalizar um partido genuinamente Conservador. E começaram coletar assinatura digitais, so que TSE barrou por não ter regulamentação. .

Arquivo:Placeholder

300px

Links[editar | editar código-fonte]

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.